Textos no Bar: Catarina Dançando

Caramba! Ela saltitava como uma flor vernante, caso flores saltitassem. Com o seu vestido de cores vibrantes e estampa pueril, Catarina mexia seu corpo como um cirurgião atencioso: um passo para um lado, dois para o outro. Estava segura de cada atitude. Estava certa de que gostaria de estar segura. – Minha querida… ninguém sabe de nada. – E você?

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s